FRONTEIRAS CONTAMINADAS: LITERATURA COMO JORNALISMO E JORNALISMO

FRONTEIRAS CONTAMINADAS: LITERATURA COMO JORNALISMO E JORNALISMO

R$ 33,00 Preço normal
R$ 16,50Preço promocional

Clique e acesse o livro 

Título completo: FRONTEIRAS CONTAMINADAS: LITERATURA COMO JORNALISMO E JORNALISMO COMO LITERATURA NO BRASIL DOS ANOS 1970

  • Editora/Coeditora

    Editora UnB
  • Autor/organizador(es)

    Rildo Cosson
  • Ano de publicação

    2007
  • ISBN

    9788523010034
  • Número de páginas

    280
  • Sinopse

    Fronteiras contaminadas trata das relações entre literatura e jornalismo no Brasil, tendo como ponto central o caso paradigmático do gênero romance-reportagem e sua recepção crítica. Neste estudo se analisam as indicações de origem, as definições de estatuto narrativo e as estratégias de (des)legitimação usadas para ler o novo gênero que percorre e contamina as fronteiras entre o discurso literário e o discurso jornalístico. O livro permite que se leia com outros olhos a produção cultural de um dos períodos mais ricos da história contemporânea do Brasil, que é a década de 1970, ao mesmo tempo que desvela práticas de leitura de uma crítica que, mesmo assumindo um discurso de pós-modernidade, continua a excluir e a negar aquilo que é diverso e que não é facilmente cassificável. A relevância e a atualidade deste livro estão não apenas no estudo de textos híbridos ou na discussão da proximidade entre literatura e discursos de realidade como o jornalismo, mas também, e sobretudo, no reconhecimento de que o texto literário não pode ser erigido como um padrão ao qual todas as narrativas devem ser submetidas. Cumpre-se assim o papel primordial de toda a crítica, que é o de ser mediadora cultural, abrindo novos espaços de leitura em lugar de apenas confirmar os já existentes.

ABEU - Associação Brasileira das Editoras Universitárias

Av. Fagundes Filho, 77, cj. 24, Vila Monte Alegre, São Paulo, SP, Brasil

+55 11 5078-8826

+55 11 93374-0927 (WhatsApp)

feirabeu@gmail.com

Receba nosso informativo